Transacções de contas a receber entre empresas: O que são e exemplos 2024

As transacções de contas a receber entre empresas envolvem geralmente a transferência de fundos entre entidades comerciais associadas e desempenham um papel crucial na otimização das operações e na colaboração eficaz entre empresas. São uma questão muito importante e têm o potencial de afetar grandemente a saúde financeira de uma organização. Ao longo deste artigo, explicaremos o que são exatamente, porque são tão relevantes e daremos também alguns exemplos.

O que são contas a receber entre empresas?

As contas a receber interempresas são montantes monetários que uma empresa tem em dívida de outra entidade do mesmo grupo empresarial ou filiação. Têm normalmente origem nas várias transacções financeiras realizadas entre empresas interligadas. As transacções podem incluir a venda de bens ou serviços a crédito, a prestação de serviços em condições de crédito ou situações em que uma empresa concede um empréstimo a outra dentro da estrutura empresarial.

Estas obrigações financeiras são registadas no balanço da empresa que tem o montante em dívida. A entidade que detém a conta a receber reconhece-a como um ativo. Entretanto, para a empresa que tem a dívida, a conta a receber é classificada como um passivo no seu balanço.

A gestão eficaz das contas a receber entre empresas é fundamental para manter registos financeiros precisos e promover relações financeiras transparentes dentro de um grupo empresarial. Isto implica um controlo rigoroso dos montantes pendentes, a resolução atempada de discrepâncias e a garantia do cumprimento das condições acordadas para os pagamentos em atraso. Uma contabilidade transparente das contas a receber entre empresas contribui para uma compreensão mais completa da saúde financeira de um grupo empresarial e ajuda na tomada de decisões estratégicas entre entidades interligadas. Mas falaremos mais sobre a sua importância na próxima secção.

Porque é que é importante?

As contas a receber entre empresas são importantes por várias razões.

  • Em primeiro lugar, podem ajudar as empresas a aumentar as suas vendas e a melhorar o seu fluxo de caixa. Quando uma empresa vende bens ou serviços a crédito a outra, a primeira recebe um rendimento imediato, enquanto a segunda tem um período de tempo para pagar. Este facto pode ajudar a primeira empresa a gerar mais vendas e a melhorar o seu fluxo de caixa.
  • Em segundo lugar, ajudam a reduzir os custos de financiamento. Quando uma empresa precisa de obter financiamento, pode recorrer a uma empresa associada para obter um empréstimo ou uma linha de crédito. Trata-se de uma opção mais económica do que obter financiamento junto de um banco ou de outra instituição financeira.
  • Em terceiro lugar, as contas a receber entre empresas ajudam frequentemente a consolidar as operações. Quando uma empresa tem várias filiais, pode utilizar as contas a receber para consolidar as suas finanças. Isto pode facilitar à empresa-mãe a gestão das suas finanças e a tomada de decisões informadas.

Principais características das transacções de contas a receber entre empresas

Estes tipos de transacções têm características distintas que moldam a sua natureza no panorama financeiro das empresas associadas. Compreender estas características-chave é essencial para uma gestão financeira eficaz e uma informação transparente, e é por isso que as descrevemos a seguir:

Relacionamento especial

As transacções de contas a receber interempresariais ocorrem entre empresas relacionadas, tais como empresas-mãe e subsidiárias, ou entre as que fazem parte de um grupo de empresas.

Condições de crédito

As condições de crédito para transacções de contas a receber entre empresas são geralmente diferentes das condições de crédito para transacções com clientes externos. Por exemplo, podem oferecer prazos mais longos para o modelo de lembrete de pagamento ou flexibilidade de pagamento.

Fluxo de caixa

Exercem uma influência direta sobre o fluxo de caixa das empresas participantes. Por exemplo, quando uma empresa vende bens ou serviços a crédito a outra, é gerado um rendimento imediato que aumenta positivamente o seu fluxo de caixa.

Preços

Neste domínio, os preços acordados diferem geralmente dos estabelecidos para os clientes externos. As empresas associadas têm a possibilidade de negociar preços mutuamente vantajosos que podem não refletir necessariamente os preços de mercado.

Registo contabilístico

O processo de registo contabilístico das operações de contas a receber entre empresas caracteriza-se pela sua singularidade em relação às operações com clientes externos. A título de exemplo, as empresas relacionadas podem utilizar uma conta de compensação para documentar estas operações, marcando assim uma distinção na contabilidade interna.

Exemplos

A seguir, apresentamos alguns exemplos de transacções de contas a receber entre empresas para que as compreenda melhor:

Exemplo 1

Venda de mercadorias a crédito

  • Empresa A: vendedor de mobiliário
  • Empresa B: Comprador de mobiliário
  • Data: 10 de julho de 2024
  • Detalhe: A empresa A vende um conjunto de mobiliário à empresa B por um montante de $10.000. O pagamento será efectuado em 30 dias.

Lançamento contábil na empresa A:

Débito: Contas a receber – Empresa B

$10,000

Crédito: Vendas

$10,000

Lançamento contábil na empresa B:

Débito: Compras

$10,000

Crédito: Contas a pagar – Empresa A

$10,000

Exemplo 2

Venda de serviços a crédito

  • Empresa A: Empresa de design gráfico
  • Empresa B: Empresa de publicidade
  • Data: 20 de outubro de 2024
  • Detalhe: A empresa A efectua um design gráfico para a empresa B por um montante de $15.000. O pagamento será efectuado em 60 dias.

Lançamento contábil na empresa A:

Débito: Contas a receber – Empresa B

$15,000

Crédito: Receitas de serviços

$15,000

Lançamento contábil na empresa B:

Débito: Receita de serviços

$15,000

Crédito: Contas a pagar – Empresa A

$15,000

Exemplo 3

Descontos comerciais

  • Empresa A: Empresa retalhista
  • Empresa B: Empresa grossista
  • Data: 15 de setembro de 2024
  • Detalhe: A empresa A vende à empresa B 100 unidades de um produto por um montante de $1.000. A empresa B paga o valor total em 30 dias, mas recebe um desconto de 10%.

Lançamento contábil na empresa A:

Débito: Contas a receber – Empresa B

$900

Crédito: Vendas

$900

Lançamento contábil na empresa B:

Débito: Compras

$900

Crédito: Contas a pagar – Empresa A

$900

Desafios e soluções

Como qualquer transação, este tipo de transação também levanta normalmente uma série de desafios diversos e específicos que exigem uma análise cuidadosa por parte das empresas. Estes desafios são:

Falta de coordenação: A falta de coordenação efectiva entre empresas associadas pode levar a discrepâncias nos saldos das contas a receber e a atrasos na reconciliação.

Solução:

  • Estabelecer protocolos de comunicação claros e processos padronizados para a gestão de contas a receber entre empresas afiliadas.
  • Implementar sistemas de informação integrados que facilitem a transparência e a colaboração.

Diferenças nas políticas contabilísticas: As empresas associadas podem seguir políticas contabilísticas diferentes, o que dificulta a consolidação de dados e a apresentação de relatórios financeiros rigorosos.

Solução:

  • Acordar políticas contabilísticas comuns entre entidades relacionadas.
  • Realizar auditorias regulares para garantir a coerência e a conformidade com os regulamentos contabilísticos aplicáveis.

Risco de não ser capaz de cobrar: Existe o risco de as contas a receber entre empresas poderem tornar-se incobráveis, afectando a saúde financeira da parte credora.

Solução:

  • Implementar avaliações sólidas do risco de crédito e estabelecer políticas claras para a gestão dos créditos de cobrança duvidosa.
  • Monitorizar de perto o desempenho financeiro das empresas associadas.

Complexidades fiscais: Como qualquer outro tipo de transação, as transacções entre empresas também estão sujeitas a determinada legislação fiscal. Por vezes, os mesmos impostos ou percentagens não se aplicam às partes envolvidas por estarem em sectores diferentes.

Solução:

  • Ter aconselhamento fiscal especializado para garantir a conformidade regulamentar.
  • Manter registos precisos e documentação adequada para apoiar essas transacções.

Experimente a Oddcoll

Tem contas por pagar vs fatura? Está cansado de lidar com o processo internacional de cobrança de dívidas? Quer garantir que seus devedores paguem em tempo hábil?

Se sim, a Oddcoll é a solução de que necessita.

Para começar, basta criar uma conta e fazer o upload da fatura correspondente no nosso site, seja diretamente na plataforma, através da API ou de um ficheiro CSV. Uma vez feito isso, a Oddcoll inicia o processo de cobrança, colaborando com parceiros locais, como agências de cobrança e escritórios de advocacia no país do devedor. Esses parceiros tomam ações rápidas e eficazes, como ligações telefônicas e pedidos de cobrança, aproveitando sua jurisdição e experiência jurídica para aumentar as chances de pagamento dos devedores.

Quando a fatura é recuperada com êxito, a Oddcoll assegura uma rápida transferência dos fundos para a sua conta.

Como saber em que estado se encontram os seus processos? A acessibilidade e controlo dos mesmos é mantida através das páginas da sua conta, garantindo uma experiência amigável e prática que não afecta a gestão do seu negócio.

Nas situações em que os devedores persistem em não pagar, apesar das acções de cobrança, a Oddcoll, através dos seus parceiros especializados, inicia os procedimentos legais no país do devedor, garantindo uma abordagem integral à recuperação das contas pendentes.

Liberte tempo e recursos para se concentrar no sucesso do seu negócio e deixe a cobrança de dívidas nas mãos da Oddcoll .

Conclusão

Em resumo, as operações de contas a receber entre empresas são comuns a todos os sectores e dimensões de empresas. Conhecer a fundo esse tipo de procedimento visa neutralizar o impacto financeiro dessas operações internas. Para tal, é essencial seguir etapas como o registo, a reconciliação e a normalização. Desta forma, melhora-se a exatidão, a eficiência e garante-se uma melhor saúde financeira.

4 minutos de leitura.

Quais são os regulamentos aplicáveis.
O processo de cobrança internacional.
Como conseguir uma cobrança eficaz das dívidas.

A Oddcoll é uma plataforma com cobradores de dívidas de todo o mundo, que permite às empresas de vocação internacional recuperar facilmente as suas facturas em atraso.

Países abrangidos

Cobrimos toda a Europa

Ásia Central

Cobrança de dívidas Arménia
Cobrança de dívidas Azerbaijão
Cobrança de dívidas Geórgia
Cobrança de dívidas Cazaquistão

Cobrança de dívidas Quirguizistão
Cobrança de dívidas Mongólia
Cobrança de dívidas Tajiquistão
Cobrança de dívidas Uzbequistão

Oceânia

Todos os países em África

Aplica-se a todos os nossos parceiros

– Autorização legal para cobrar créditos nos seus países
– Especialistas em cobranças B2B
– Comunicam em inglês
– Especialistas na legislação nacional de cobrança de dívidas

RELATED ARTICLE  Auditoria integrada: O que é, objetivo e processo
WordPress Image Lightbox Plugin