Subledger vs General Ledger: Diferenças (Guia 2024)

Em contabilidade e finanças, as ferramentas utilizadas para manter um registo preciso das transacções são completamente essenciais. Um dos instrumentos mais importantes neste sentido são os registos contabilísticos. Estes estão divididos em duas categorias principais: o livro-razão e o livro auxiliar. Embora ambos os registos sejam essenciais, têm diferenças fundamentais que os distinguem. Neste artigo, discutiremos estas distinções em pormenor e examinaremos a forma como podem ser utilizadas mais eficazmente para o ajudar a manter uma contabilidade precisa e fiável.

O que é o subledger?

Um sub-registo é um registo contabilístico que se aprofunda na informação resumida presente no razão geral. Actua como um apêndice ou suplemento, fornecendo detalhes específicos por detrás de cada item ou categoria do razão geral.

Imagine o razão geral como um resumo executivo da situação financeira da empresa. Apresenta categorias gerais, como contas a receber, contas a pagar, activos fixos, etc., mas não entra em pormenores. É aqui que entra o sub-razão. Cada categoria de ledger pode ter o seu próprio subledger.

O que é o Razão?

O razão geral funciona como um registo centralizado que organiza e documenta todas as transacções financeiras de uma empresa. Este registo detalha as receitas, despesas, activos e passivos em contas específicas, facilitando a análise. Ao agrupar as transacções em categorias, tais como contas de receitas ou despesas, o razão geral permite uma identificação eficiente das tendências financeiras. Além disso, serve de base para a preparação de relatórios financeiros, incluindo o balanço e a demonstração de resultados.

Sub-registo vs. razão geral: Principais diferenças

Enquanto o razão geral oferece uma visão geral da situação financeira da sua empresa, os sub-livros fornecem-lhe detalhes pormenorizados. Em seguida, falaremos mais pormenorizadamente sobre as diferenças que apresentam.

O Razão:

  • Regista todas as transacções financeiras da empresa.
  • É utilizado para gerar o balancete e preparar relatórios financeiros, tais como a demonstração de resultados, o balanço, o fluxo de caixa e a demonstração de resultados.
  • As transacções são classificadas em categorias com base no plano de contas.
  • As contas primárias normalmente incluem:
    • Activos: activos como imóveis, equipamentos, veículos e materiais, e activos correntes como dinheiro, inventário e contas a receber.
    • Passivos: Dívidas da empresa, como contas a pagar e empréstimos bancários.
    • Receitas: ganhos com vendas, serviços prestados e juros.
    • Despesas: compras e facturas.
    • Capital próprio: capital social, reservas, prémios de emissão, etc

Os subconjuntos:

  • Organizam e detalham as informações do Razão.

Imaginemos a “The Corner Store”, uma loja de conveniência que começou como uma pequena empresa familiar e cresceu. Precisavam de criar sub-livros para compreender melhor as suas finanças sem ter de navegar por centenas de transacções no livro-razão.

A Corner Store tem agora os seguintes livros auxiliares integrados no livro-razão:

  • Fornecedores e empréstimos bancários:
    • Fornecedores de produtos alimentares e bebidas
    • Fornecedores de produtos não alimentares
    • Empréstimo bancário para inventário
    • Empréstimo bancário para equipamento
  • Inventário:
    • Produtos alimentares e bebidas
    • Produtos não alimentares
  • Contas bancárias de empresas:
    • Conta poupança
    • Conta corrente
    • Cartão de crédito
  • Contas:
    • Despesas com salários
    • Custos de aluguer
    • Despesas de eletricidade
    • Despesas de publicidade

Exemplo de registo

Segue-se um exemplo simplificado de um razão geral para uma pequena empresa, mostrando algumas transacções para outubro de 2023:

Data Conta Descrição Débito Crédito Saldo
1 de outubro Caixa Saldo inicial 5,000 5000
5 de outubro Contas a receber Venda ao cliente A 1000 6000
5 de outubro Inventário Compras de fornecimentos 500 500 5500
10 de outubro Contas a pagar Modelo de aviso de pagamento ao fornecedor B 300 5200
15 de outubro Dinheiro Recibo do cliente A 1000 6200
20 de outubro Custos de aluguer Pagamentos de rendas em atraso 600 5600
25 de outubro Despesas com salários Salários dos empregados 1500 4100

Porquê utilizar subledgers? Benefícios

A utilização de subledgers na contabilidade proporciona vários benefícios que simplificam a gestão financeira de uma empresa. Estes benefícios incluem:

Organização detalhada

Permitem uma organização mais detalhada das transacções financeiras. Ao categorizar e dividir as contas em subcontas específicas, obtém-se uma maior clareza sobre os detalhes das receitas, despesas, activos e passivos.

Análise precisa

Facilitam uma análise mais precisa das operações da empresa. Ao dispor de informações detalhadas em cada subconta, os empresários e contabilistas podem examinar de perto aspectos específicos da empresa, identificando áreas de força ou possíveis melhorias.

Facilita as auditorias e a conformidade

Durante auditorias fiscais ou revisões contabilísticas, as subcontas simplificam o processo. Em vez de reverem todo o livro-razão, os auditores podem ir diretamente às subcontas relevantes, simplificando a verificação de transacções específicas e assegurando uma conformidade mais eficiente.

Atração de investidores

Para atrair investidores ou qualificar-se para empréstimos comerciais, as subcontas oferecem uma visão mais detalhada das finanças da empresa. Os potenciais investidores podem examinar subcontas específicas, como contas a receber ou activos fixos, para compreender melhor a saúde financeira e o potencial de crescimento da empresa.

Simplificação dos relatórios financeiros

Ao resumir as informações da subconta no ledger, o relatório financeiro é simplificado. Isto facilita a apresentação de dados claros e concisos nas demonstrações financeiras, o que, por sua vez, melhora a compreensão da situação económica da empresa.

Porquê utilizar o razão geral? Vantagens

A utilização do livro-razão na contabilidade das empresas é essencial para poder controlar as receitas e as despesas de dinheiro, bem como para ter uma visão actualizada do dinheiro disponível no momento. Mas não é só isso, também proporciona benefícios como:

Elaboração de relatórios financeiros

O balanço é a base para a elaboração de vários relatórios financeiros, como o balanço, a demonstração de resultados e a demonstração de fluxos de caixa. Qualquer um destes relatórios é essencial para avaliar a saúde financeira da empresa e apresentar informações essenciais às partes interessadas internas e externas.

Análise de tendências

A classificação das transacções em categorias específicas no livro-razão facilita a identificação de tendências financeiras ao longo do tempo. Isto ajuda os gestores e os proprietários a compreender melhor o desempenho financeiro e a tomar decisões informadas para o crescimento e a eficiência operacional.

Conformidade contabilística e fiscal

A manutenção de um livro-razão preciso é crucial para cumprir os requisitos contabilísticos e fiscais. A documentação ordenada e completa de todas as transacções facilita as auditorias internas e externas, bem como o cumprimento das obrigações fiscais.

Facilita a tomada de decisões

As informações detalhadas e organizadas do Razão fornecem aos líderes empresariais uma base sólida para a tomada de decisões estratégicas. Permite-lhe avaliar a rentabilidade, identificar áreas de melhoria e conceber planos de ação eficazes.

Acompanhamento de activos e passivos

A contabilidade geral permite um acompanhamento detalhado do ativo e do passivo da empresa, essencial para avaliar a liquidez, a capacidade de cobrança da dívida internacional e a eficiência na gestão dos recursos.

Os livros de contabilidade são essenciais para manter a ordem e a eficiência de qualquer empresa. Mas, também é importante manter a cobrança total de dívidas o mais baixo possível. Isto, normalmente, para além de ser complicado, é dispendioso. É preciso investir tempo, dinheiro e mão de obra. Na Oddcoll decidimos facilitar a vida às empresas e criámos um sistema de recuperação de activos fácil e eficiente. Como é que o fazemos? Em 3 passos simples:

  • Criar uma conta e enviar as facturas através da plataforma, API ou ficheiro CSV.
  • Parceiros locais, como agências de cobrança e escritórios de advogados, tratam da cobrança no país do devedor.
  • Assim que a fatura for cobrada, o dinheiro é transferido para a sua conta.

Para além de ser muito fácil de utilizar, na Oddcoll oferecemos-lhe outras vantagens, tais como:

  • Manter contacto direto com os cobradores através da página do caso.
  • Receber actualizações por email sobre o andamento dos processos.
  • Gerir facilmente os processos a partir das páginas da sua conta, com acesso a partir de qualquer lugar.
  • Em caso de incumprimento, são tomadas medidas legais no país do devedor através de parceiros especializados para uma recuperação judicial eficaz.

Conclusão

Em conclusão, o livro auxiliar e o livro geral são ferramentas importantes utilizadas para manter um controlo preciso das transacções financeiras. Ambos os registos têm as suas próprias funções e características, pelo que é importante compreender quando utilizar cada um deles. Utilizadas corretamente, estas ferramentas podem ajudar as empresas a manter a fiabilidade e a precisão dos seus registos financeiros, o que é essencial para o crescimento e o sucesso a longo prazo.

4 minutos de leitura.

Quais são os regulamentos aplicáveis.
O processo de cobrança internacional.
Como conseguir uma cobrança eficaz das dívidas.

A Oddcoll é uma plataforma com cobradores de dívidas de todo o mundo, que permite às empresas de vocação internacional recuperar facilmente as suas facturas em atraso.

Países abrangidos

Cobrimos toda a Europa

Ásia Central

Cobrança de dívidas Arménia
Cobrança de dívidas Azerbaijão
Cobrança de dívidas Geórgia
Cobrança de dívidas Cazaquistão

Cobrança de dívidas Quirguizistão
Cobrança de dívidas Mongólia
Cobrança de dívidas Tajiquistão
Cobrança de dívidas Uzbequistão

Oceânia

Todos os países em África

Aplica-se a todos os nossos parceiros

– Autorização legal para cobrar créditos nos seus países
– Especialistas em cobranças B2B
– Comunicam em inglês
– Especialistas na legislação nacional de cobrança de dívidas

RELATED ARTICLE  15 melhores programas de faturação (gratuitos) 2024
WordPress Image Lightbox Plugin